quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

É Natal

Chegou o Natal

Juntámo-nos todos na entrada para montarmos

e enfeitarmos a árvore de Natal.Cada um de nós escolheu o enfeite que gostava mais e pendurou na árvore.
Uns nos ramos mais altos

outros nos ramos mais baixos.
Ana ajudou a pôr os enfeites nos ramos mais difíceis.
A nossa árvore de Natal ficou linda!

5 comentários:

BLONDIE disse...

O feste de SAo Nicolao e na 5 de Dezembro, dia 6 o Nicolao ja volto para Espanha, mas este feste e miute bom para todo. Jan

marta paixao disse...

O Guilherme adorou fazer a árvore de Natal do colégio. Aliás, está encantado com a magia do Natal. Este é, na realidade, o 1º Natal que ele está a viver a sério, pois no ano passado ainda era pequenino... só agora com 2 anos é que ele já consegue começar a entender esta quadra.
Obrigada Carmo, Ana e todos os que alimentam este blog, por nos permitirem a nós pais "espreitar" um bocadinho do que os nossos filhos vivem e experienciam aí na escola.
É uma sensação muito boa poder vê-los nas fotos e saber o que andam a aprender e a fazer.
Bem-hajam!!

Ana Bagão disse...

Foi muito divertido ver o entusiasmo com que eles se envolviam na montagem da árvore de Natal. Agora, o ponto de encontro é à volta do pinheiro, onde param para tocar os sinos, a ver as bolas e os bonecos, ou mesmo a dar o último "retoque".

São momentos que gostamos de partilhar pela intensidade com que são vividos.

Mário disse...

Tenho a certeza de que a árvore de Natal ficou linda, como sempre fica lindo tudo o que o Colégio organiza e realiza. Sortudos os meninos que o frequentam, sortudos os pais que o frequentam.
Tenciono ir ver a árvore dentro de dias e dar as Boas-Festas a estas pessoas formidáveis.

Mário disse...

Mas tenho um protesto a fazer: ultimamente tem-se falado muito pouco de comida, no Colégio, o que era um b+alsamo para quem não deve comer aqueles bolos todos.
Assim, na ausência de um "muro das lamentações", temos nós próprios de comer doces e coisas boas, ficando gordos e anafados.
Tia Cacá: isso não se faz!